Android 4.2 virá com três novos smartphones

Samsung, LG e Sony, foram as empresas escolhidas para estrear o novo Android 4.2 do projeto Google Nexus.

O crescimento do Android é exponencial e o google está trabalhando cada vez mais rápido para fazer o robô verde alcançar mais e mais dispositivos. Todos os dias centenas de desenvolvedores começam a trabalhar com a plataforma, milhões de aparelhos com o robô verde são ativados, e novos modelos são anunciados por fabricantes. O Google não para. Todo dia a equipe responsável pela plataforma busca inovação, novos recursos, como aprimorar os já existentes e em um método de entregar a melhor usabilidade possível ao usuário final.

O Google faz parceria com grandes fabricantes para lançar aparelhos certificados com a marca Nexus, levando a melhor experiência possível do Android: a sua própria. Em 2010, em parceria com a HTC, o Google lançou o Nexus One, primeiro smartphone da famosa linha premium. No final do mesmo ano, introduzindo o Android 2.3, o Google trabalhou com a Samsung para anunciar o Nexus S. Em outubro de 2011, o acordo entre a companhia americana e coreana continuou, com a fabricação do Galaxy Nexus, até hoje consderado um dos melhores modelos disponíveis no mercado.

De 2010 até hoje, tivemos quatro novas versões do Android para celulares. Inicialmente, tivemos o Android 2.2 Froyo, que trouxe várias novidades notáveis. Em seguida, a versão 2.3 Gingerbread, que ofereceu uma interface bem mais polida e usabilidade aprimorada. No fim do ano passado, tivemos o anúncio da versão Ice Cream Sandwich (4.0), que juntou objetos da versão 3.0 (para tablets) e 2.3 (para celulares) levando ao usuário algo bastante diferente e agradável. Em 2012, tivemos o anúncio do Android 4.1 Jelly Bean, que apresentou o Project Butter, Google Now e um centro de notificações mais interativo.

De acordo com fontes bem informadas dentro do Google, estamos prestes a ganhar o Android 4.2. Os rumores tomaram início recentemente, e parecem ser possíveis.

Programa Nexus

O Android 4.2 poderá ser lançado ainda este ano, segundo fontes da internet.

Se antes o Google escolhia a dedo quem seria parceiro para fabricar o seu smartphone, agora o processo será mais aberto. De acordo com a pessoa que trabalha dentro do Google e preferiu não se identificar, a companhia vai abrir a “inscrição” para aparelhos com a marca Nexus a todas as fabricantes. Ou seja, se a companhia X decidir desenvolver um modelo de smartphone Y que atinja os requisitos impostos pelo Google, este aparelho poderá receber a marca Nexus gravada atrás, certificando que aquele é considerado um produto de alta qualidade.

Caso isso venha ser verídico, e a disponibilização da nova versão seja ainda este ano, até a época natalina várias empresas anunciarão aparelhos Nexus. O consumidor terá mais opções, e o Google menos trabalho. Uma situação favorável a todos os envolvidos.

Ainda sobre esse programa, a fonte informa que em caso de atualização, se a fabricante não lançar uma nova versão (aprimorada) da interface implantada por eles também, o sistema utilizará o visual padrão do Android, bastante limpo, sem adicionais que consomem vários recursos do celular. Isso é muito bom.

Google Now e Google Play diferentes

A Google Play Store chegou substituindo a antiga Market. Hoje, vários serviços do Google fazem parte do Play. Uma das mudanças no app será a adição de uma busca personalizada, e a integração com o centro de notificações do sistema.

Já para o Google Now, que não é bem um assistente pessoal (como a Siri), além de aprender sobre os seus hábitos o serviço também irá ajudar com coisas básicas — por exemplo, guiar o usuário iniciante a descobrir funções do celular, e como usá-las corretamente.

Project Roadrunner

O Project Butter chegou com o Android 4.1 Jelly Bean aprimorando (e muito) a responsividade do sistema. Quem usa o Galaxy Nexus e conseguiu atualizar o seu dispositivo para a mais recente versão da plataforma, notou que esse recurso melhora (e muito) o aparelho. Enquanto isso já existia no iPhone e nos Windows Phones (da Microsoft), faltava no Android. Hoje, não mais.

O Project Roadrunner vem complementar o que foi introduzido há alguns meses. Agora é a vez de gerenciar melhor a bateria. Esse novo “projeto” terá o intuito de analisar e aprimorar o sistema para utilizar da melhor forma possível a distribuição de energia do aparelho. Um problema encontrado não apenas nos Androids, mas em boa parte dos celulares lançados hoje.

Ainda não existe uma data oficial (ou estimada) para o anúncio desta tão esperada (e incrível) atualização, porém fontes afirmam que acontecerá este ano.

Fonte: www.google.com

Fonte: www.conteudonerd.com

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s