O maior radiotelescópio do mundo – ALMA – é inaugurado no Chile

O observatório terrestre mais complexo do mundo, o Atacama Large Millimeter/submillimeter Array (ALMA), foi inaugurado nesta quarta-feira 13/03/2013. Do local, é possível observar fenômenos como as densas nuvens de pó cósmico e gás onde se formam estrelas e planetas, o que antes era impossível para os cientistas.

As instalações do projeto estão a 5 mil metros de altitude no Planalto de Chajnantor, situado no inóspito Deserto do Atacama, cerca de 1.700 quilômetros ao norte de Santiago. As antenas do ALMA não funcionam como os telescópios ópticos tradicionais. Eles estão desenhados para detectar ondas milimétricas e submilimétricas, aproximadamente mil vezes mais longas que a luz visível, permitindo aos cientistas enxergar coisas antes praticamente invisíveis nos estudos sobre o espaço.

O radiotelescópio terá potência suficiente para detectar frias camadas de pó cósmico – algo muito difícil de ser detectado -, bem como a sua composição química, permitindo que possamos analisar regiões do espaço que contenham material propício à formação da vida. Com suas antenas transportáveis e facilmente reposicionáveis, cujas dimensões são 7 metros de diâmetro (as pequenas) e 12 metros de diâmetro (as grandes). Este projeto é um marco para o estudo da vida em astronomia e astrobiologia atual.

O complexo levou cerca de 10 anos para ficar pronto a um custo aproximado de US$ 1,3 bilhão (R$ 2,5 bilhões).

Veja a localização exata do Alma no Google Maps

Créditos: Efe

Créditos: Nicolas Bustos

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s