Um estudo da Cisco afirma que o Brasil terá 52% de pessoas conectadas à internet até 2017

O tráfego IP global deve triplicar de 2012 a 2017

CISCOO Cisco® Visual Networking Index (VNI), divulgado mundialmente hoje, prevê que o tráfego global do protocolo de Internet (IP) triplicará entre 2012 e 2017. O tráfego IP global (fixo e móvel) deverá atingir uma taxa anual de 1,4 zettabytes – mais de um trilhão de gigabytes por ano – até 2017, chegando a aproximadamente 121 exabytes por mês até 2017, contra cerca de 44 exabytes por mês em 2012 (121 exabytes equivalem a 30 bilhões de DVDs, ou 28 trilhões de MP3; ou 750 quatrilhões de mensagens de texto).

O estudo atualizado inclui o crescimento do tráfego IP fixo global e as tendências de adoção de serviços, complementando o VNI Global Mobile Data Traffic Forecast lançado no início deste ano.

Impulsionadores do tráfego IP global

Mais usuários de Internet

  • Em 2017 haverá cerca de 3,6 bilhões de usuários de Internet – mais de 48% da projeção demográfica mundial (7,6 bilhões).

  • Em 2012 havia 2,3 bilhões de usuários de internet – cerca de 32% da população mundial (7,2 bilhões).

Mais Dispositivos/Conexões

  • Em 2017, haverá mais de 19 bilhões de conexões de rede (dispositivos fixos, móveis, conexões M2M, etc.), em comparação com os 12 bilhões registrados em 2012.

Banda Larga Fixa Mais Rápida

  • Espera-se que a média global de velocidade de banda larga fixa aumente cerca de 3,5 vezes entre 2012 e 2017, passando de 11,3 Mbps para 39 Mbps.

  • A média global de velocidade de banda larga fixa aumentou 30% de 2011 a 2012, de 8,7 Mbps para 11,3 Mbps.

Aumento no uso global de serviços/aplicações de vídeo

  • Usuários globais da rede irão gerar 3 trilhões de minutos de vídeo de Internet por mês, ou seja, 6 milhões de anos de vídeo por mês, ou 1,2 milhão de minutos de vídeo a cada segundo, o que equivale a dois anos de vídeo por segundo.

  • Até 2017, haverá quase 2 bilhões de usuários de vídeo pela Internet no mundo (excluindo aqueles exclusivamente móveis), comparado a 1 bilhão de usuários de vídeo da Internet em 2012.

Em 2012, 26% do tráfego da Internet teve origem nos dispositivos não-PC, mas até 2017 a participação dos dispositivos não-PC crescerá para 49%. O tráfego originado nos PCs crescerá numa taxa composta anual de 14%, enquanto outros dispositivos/conexões terão taxas de crescimento de tráfego maiores ao longo do período de previsão ― TVs (24%), tablets (104%), smartphones (79%) e módulos máquina a máquina (M2M) (82%).

À medida que provedores de serviços globais desenvolvam a Internet de última geração, quase metade da população mundial terá acesso à rede e à Internet até 2017. Na média o acesso à internet a partir de uma residência gerará globalmente 74,5 gigabytes por mês. Em comparação, em 2012, o acesso residencial gerou 31,6 gigabytes de tráfego por mês.

O prognóstico da Cisco também revelou que a “Internet das Coisas” (a conexão em rede de objetos físicos) está mostrando um crescimento tangível e terá um impacto mensurável sobre as redes IP mundiais. Globalmente, o número de conexões M2M triplicará, passando de 2 bilhões em 2012 para 6 bilhões até 2017. O tráfego IP global anual de M2M crescerá 20 vezes nesse mesmo período — de 197 petabytes em 2012 (0,5% do tráfego IP global) para 3,9 exabytes até 2017 (3% do tráfego IP global). Aplicações como vídeo vigilância, medidores inteligentes, rastreadores de ativos, animais de estimação/rebanhos com chips, monitores digitais de saúde e uma série de outros serviços M2M de última geração estão impulsionando esse crescimento.

Resumo das Principais Conclusões do Cisco VNI

Projeções e Análises do Tráfego IP Global

  • Até 2017 o tráfego IP global anual atingirá 1,4 zettabytes (taxa composta de crescimento anual de 23% entre 2012 e 2017). – Um zettabyte equivale a um sextilhão de bytes.

  • Até 2017 mais tráfego terá percorrido as redes globais do que em todos os anos de Internet somados até hoje:

o 1984-2012: 1,2 zettabytes

o Previsão 2017: 1,4 zettabytes

  • O tráfego no “horário de pico” da Internet (ou horas do dia em que o tráfego é mais intenso), aumenta mais rapidamente do que a média do tráfego de Internet. O tráfego nos horários de pico da Internet aumentou 41% em 2012, em comparação ao crescimento de 34% no tráfego médio.

  • O tráfego metropolitano superará o tráfego de longa distância em 2014 e representará 58% do tráfego IP total até 2017. O tráfego metropolitano crescerá quase duas vezes mais rápido que o tráfego de longa distância entre 2012 e 2017.

  • Redes de Entrega de Conteúdo (Content delivery networks – CDNs) carregarão mais da metade do tráfego total da Internet até 2017.

  • Dispositivos Wi-Fi e móveis conectados gerarão 68% do tráfego da Internet até 2017.

  • Quase a metade do tráfego IP total terá origem em dispositivos não-PC (incluindo tablets, smartphones e televisores) até 2017.

Tendências de Destaque na rede IP

  • O tráfego fixo/Wi-Fi crescerá a uma taxa anual composta de 26% entre 2012 e 2017, comparado a uma taxa anual composta de 16% para o tráfego fixo/cabeado.

  • Globalmente, uma residência média tinha 4,7 dispositivos / conexões (incluindo M2M) em 2012; uma residência média terá 7,1 dispositivos / conexões (incluindo M2M) até 2017 (taxa anual composta de crescimento de 8,8%).

  • Em nível global haverá 8 bilhões de dispositivos/conexões fixos e móveis e compatíveis com IPv6 em 2017, comparados a 1,6 bilhões em 2012 (taxa composta de crescimento anual de 38%).

  • Globalmente, 42% de todos os dispositivos/conexões fixos e móveis em rede serão compatíveis com o IPv6 em 2017, comparados aos 14% em 2012.

Projeções de Tráfego IP em Nível Regional e de País

  • A região Ásia Pacífico gerará o maior tráfego IP até 2017 (43,4 exabytes/mês), mantendo sua liderança desde o ano passado.

  • O Oriente Médio e a África continuarão a ser as regiões de tráfego IP de maior crescimento entre 2012 e 2017 (um crescimento de 5 vezes, com taxa composta de crescimento anual de 38% ao longo do período de previsão); A região Oriente Médio/África também teve crescimento mais rápido no ano passado (crescimento de 10 vezes, com taxa composta de crescimento anual de 57% para o período de previsão entre 2011 e 2016) nessa categoria.

  • Até 2017, os países com maior geração de tráfego serão os Estados Unidos (37 exabytes por mês) e China (18 exabytes por mês).

  • Sobre o crescimento do tráfego IP por países, a Índia terá a maior taxa de crescimento, com taxa composta de crescimento anual de 44% entre 2012 e 2017. A segunda é a Indonésia (taxa composta de crescimento anual de 42%) e a terceira é a África do Sul (taxa composta de crescimento anual de 31%) ao longo do período de previsão.

Composição Regional do Crescimento no Tráfego IP

  • Ásia Pacífico: 43,4 exabytes/mês até 2017, taxa composta de crescimento anual de 26%, crescimento de 3 vezes.

  • América do Norte: 40,7 exabytes/mês até 2017, taxa composta de crescimento anual de 26% , crescimento de 3 vezes.

  • Europa Ocidental: 24,3 exabytes/mês até 2017, taxa composta de crescimento anual de 17%, crescimento de 2 vezes.

  • Europa Central: 8,8 exabytes/mês até 2017, taxa composta de crescimento anual de 21%, crescimento de 3 vezes.

  • América Latina: 7,4 exabytes/mês até 2017, taxa composta de crescimento anual de 17%, crescimento de 2 vezes.

  • Oriente Médio e África: 3,5 exabytes/mês até 2017, taxa composta de crescimento anual de 38%, crescimento de 5 vezes.

Principais Previsões para Consumidores e Negócios

Consumo Global de Vídeo de Internet do Consumidor

  • Globalmente haverá quase 2 bilhões de usuários de vídeo pela Internet (excluindo aqueles exclusivamente móveis) até 2017, em comparação a 1 bilhão de usuários de vídeo de Internet em 2012.

  • O tráfego de vídeo de Internet para TV aumentará quase 5 vezes entre 2012 (1,3 exabytes por mês) e 2017 (6,5 exabytes por mês).

Tráfego de Vídeo de Internet HD e 3D

  • Até 2017, vídeos de internet 3D e HD totalizarão 63% do tráfego de vídeo na internet destinado a consumidores (não corporativo).

  • Os vídeos avançados de internet (3D e HD) aos consumidores aumentarão 4 vezes entre 2012 e 2017.

Tráfego Global de VoD do Consumidor

  • O tráfego VoD aumentará 3 vezes entre 2012 e 2017.

Tráfego Global de Compartilhamento de Arquivos de Internet do Consumidor

  • O tráfego peer-to-peer (P2P) diminuirá numa taxa anual composta de -9%, enquanto o tráfego de compartilhamento de arquivos baseado na web crescerá numa taxa anual composta de 17% de 2012 a 2017.

  • Até 2017, o tráfego global P2P representará 65% do tráfego global de compartilhamento de arquivos pela internet, em comparação a 85% em 2012.

Tráfego IP Corporativo Global

  • O tráfego IP corporativo global, que inclui Internet, backup, VoIP, etc, quase triplicará entre 2012 e 2017.

  • Em 2012, o tráfego IP corporativo representava 20% do tráfego IP global total mensal (o tráfego IP de consumidor representou 80% do tráfego IP global total mensal).

  • Até 2017, o tráfego IP corporativo representará 18% do tráfego IP global total mensal (o tráfego IP de consumidores representará 82% do tráfego IP global total mensal).

Tráfego Global de Vídeo de Internet de Negócios

  • O tráfego de vídeo de internet de negócios aumentará 5,3 vezes entre 2012 e 2017

  • O tráfego de vídeo de internet de negócios cresceu 52% em 2012.

  • Os vídeos representarão 58% de todo o tráfego de internet de negócios em 2017, comparado a 31% em 2012.

Destaques do VNI Service Adoption

Está disponível hoje também o estudo complementar da Cisco – o Cisco VNI Service Adoption Forecast, que inclui taxas de crescimento globais e regionais de serviços de negócios, consumidores móveis e residenciais.

Destaque

  • Globalmente, a população era de 7,160 bilhões em 2012 e chegará a 7,563 bilhões até 2017 (taxa composta de crescimento anual de 1,1%).

  • Globalmente havia 1,996 bilhões de domicílios em 2012; haverá 2,167 bilhões de domicílios até 2017 (taxa composta de crescimento anual de 1,7%).

Residencial

  • No mundo todo havia 1,832 bilhões de internautas com acesso à Internet fixa em 2012; o índice prevê 2,459 bilhões de internautas residenciais com acesso à Internet fixa em 2017 (taxa composta de crescimento anual de 6,1%).

  • No mundo todo havia 1,598 bilhões de TVs em 2012; haverá 1,744 bilhões de TVs em 2017 (taxa composta de crescimento anual de 1.8%).

Consumidor móvel

  • Globalmente, havia 3,789 bilhões de consumidores móveis em 2012; estima-se que em 2017, consumidores móveis serão 4,635 bilhões (taxa composta de crescimento anual de 4,1%).

Corporativo

  • Globalmente, havia 1,408 bilhões de usuários corporativos de Internet em 2012; estima-se que haverá 1,965 bilhões de usuários corporativos de Internet em 2017 (6,9% CAGR).

  • Globalmente, havia 495 milhões de usuários corporativos de telefones móveis em 2012; estima-se que haverá 565 milhões de usuários corporativos de telefone móveis em 2017 (taxa composta de crescimento anual de 2,7%)

Principais destaques do tráfego de dados no Brasil

Tráfego IP

  • No Brasil, o tráfego IP crescerá aproximademente 2 vezes entre 2012 e 2017, com uma taxa de crescimento anual composta de 17%.

  • O tráfego IP atingirá 3.3 Exabytes por mês em 2017, frente ao 1.5 Exabytes por mês em 2012.

  • O tráfego IP em 2017 será o equivalente a 10 bilhões de DVDs por ano, 822 milhões de DVD´s por mês ou um milhão de DVD´s por hora.

  • Em 2017, o gigabite equivalente a todos os filmes feitos até agora vão cruzar a rede IP do país a cada duas horas.

Tráfego via Internet

  • Mais da metade da população brasileira (52%) terá acesso à Internet em 2017.

  • Serão 110 milhões de usuários de internet em 2017 no país, frente aos 67 milhões em 2012.

  • O tráfego na Internet crescerá 2,2 vezes entre 2012 e 2017, com uma taxa de crescimento anual de 17%.

  • O tráfego na internet atingirá 3 exabytes por mês em 2017. Em 2012 eram 1.4 Exabytes por mês.

  • O tráfego na internet em 2017 será o equivalente a 9 bilhões de DVD´s por ano, 746 milhões de DVDs por mês e 1 milhão de DVD´s por hora.

  • O volume do tráfego da internet no país em 2017 será o equivalente a 297 vezes o volume de todo a internet brasileira de 2005.

  • O tráfego médio da internet em 2017 atingirá 9 Tbps, o equivalente a 7.570.000 pessoas transmitindo vídeo em alta definição simultaneamente.

  • O tráfego na internet em períodos de pico em 2017 atingirá 28 Tbps, o equivalente a 23.510.000 pessoas transmitindo vídeo em alta definição simultaneamente.

Internet Vídeo

  • O tráfego de vídeo pela Internet no País crescerá 3 vezes entre 2012 e 2017, com uma taxa de crescimento anual de 24%.

  • O tráfego de vídeo pela Internet (incluindo consumidores e de negócios) no Brasil será o equivalente a 77% de todo o tráfego da Internet em 2017, frente da média de 57% de 2012.

  • Serão 110 bilhões de minutos de conteúdo de vídeo atravessando a internet por mês em 2017. Em 2012 eram 50 bilhões de minutos.

  • O tráfego de vídeos via Internet para TV será o equivalente a 6% do tráfego de vídeos dos consumidores via Internet fixa em 2017 no Brasil. Em 2012 era equivalente a 1%. O tráfego de vídeos via Internet para a TV aumentará 13 vezes entre 2012 e 2017.

Dispositivos

  • No Brasil haverá 611 milhões de dispositivos em rede em 2017, um aumento em relação aos 412 milhões em 2012.

  • Serão 2,9 dispositivos em rede por habitante em 2017, um aumento em relação à taxa de 2 por pessoa em 2012.

  • Os PC´s representaram 95% do tráfego IP no Brasil em 2012 e serão 80% do tráfego IP em 2017. Já os dispositivos portáteis, como smartphones e tablets representaram 1% do tráfego IP em 2012, com projeção de aumento para 10% em 2017.

Evolução da velocidade da banda larga

  • A velocidade média da banda larga no Brasil aumentará 2,5 vezes entre 2012 e 2017, passando de 5,5 Mbps para 14 Mbps. As velocidade das conexões móveis crescerá 7 vezes até 2017, atingindo uma velocidade média de 1.7 Mbps.

  • 58% das conexões de banda larga serão mais rápidas do que 5 Mbps em 2017, um aumento em relação aos 42% de hoje, e 31% das conexões de banda larga serão mais velozes do que 10 Mbps em 2.

Conexões de rede

  • O tráfego de conexões fixas Wi-Fi vai crescer três vezes entre 2012 e 2017, alcançando 1.7 Exabytes por mês em 2017 no Brasil.

Declaração de apoio

Doug Webster, vice-presidente de marketing de produtos e soluções da Cisco

Recursos e Ferramentas On-line Cisco VNI Forecast

  • Para acessar dados regionais e por país, incluindo mais detalhes do Brasil: Cisco VNI Forecast Highlights Tool

  • Resultados detalhados e completos do estudo: Cisco VNI Forecast and Methodology, 2012 – 2017 White Paper

  • Visualização personalizada do crescimento de vários tipos de tráfego de rede no mundo todo (revisto para o período de previsão 2012-2017): Cisco VNI Forecast widget

  • O Cisco VNI Service Adoption Forecast White Paper oferece uma visão única das tendências mundiais e regionais de serviços e aplicativos de última geração de usuários finais de negócios, consumidores móveis e residenciais, mercados prioritários e dispositivos e conexões relevantes.

  • A ferramenta Cisco VNI Service Adoption Forecast Highlights Tool fornece conclusões globais e regionais sobre usuários e assinantes, dispositivos e conexão, e taxas de penetração de adoção dos serviços.

  • As ferramentas Mobile Service Provider Abstract Network (M-SPAN) e Cable/Telco Service Provider Abstract Network (CT-SPAN) da Cisco permitem que operadores de rede gerem suas próprias previsões com base na metodologia e premissas VNI.

  • O aplicativo móvel Cisco VNI Forecast permite que usuários de smartphones iPhone e Android visualizem e selecionem destaques de previsão global, regional e em nível de país a partir de seus dispositivos.

  • O aplicativo móvel Cisco Data Meter (Medidor de Dados) permite que usuários de smartphones e tablets iOS e Android monitorem facilmente seu uso de dados de celular e wi-fi, testem o desempenho de sua conexão de rede e muito mais.

Sobre a Cisco Systems

A Cisco (NASDAQ: CSCO) é líder mundial em Tecnologia da Informação, que ajuda empresas a aproveitarem as oportunidades do amanhã, demonstrando que coisas supreendentes acontecem quando se conecta o que antes estava desconectado.

Créditos: SEGS

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s