Marte pode ter hospedado a vida que veio para a terra

Mars Gale crater
Nascer do sol sobre a cratera Gale em Marte. Pode ter sido ali que a vida na terra tenha começado? Fotografia: Stocktrek Images, Inc/Alamy.

As pessoas com as maiores e melhores chances de ter alguma certeza sobre a origem da vida são os nossos cientistas, não há sombra de dúvidas sobre isso. Somente os cientistas têm as condições necessárias para afirmar com segurança o que é a vida e como pode ter começado. Uma prova disso são as pesquisas feitas nas rochas marcianas, e as primeiras conclusões começaram aparecer; leia as afirmações abaixo do geoquímico prof. Steven Benner, do Instituto de Ciência e Tecnologia de Westheimer (EUA).

O professor Steven Benner, argumentou que as “sementes” da vida na Terra, provavelmente, vieram em meteoritos com origem em Marte, trazidos por impactos ou erupções vulcânicas. Como prova, ele aponta para a forma mineral oxidada do elemento molibdênio, funcionando como um catalisador que ajudou a desenvolver moléculas orgânicas nas primeiras estruturas vivas.

“É só quando o molibdênio torna-se altamente oxidado que é capaz de influenciar a forma como a vida se formou”, disse Benner, do Instituto Westheimer de Ciência e Tecnologia em os EUA. “Esta forma de molibdênio não estava disponível na Terra no tempo em que a vida começou, em três bilhões de anos atrás, a superfície da Terra tinha muito pouco oxigênio, mas Marte tinha bastante”.

“É mais uma prova que torna possível que a vida tenha vindo embarcada em um meteorito marciano para a Terra, ao invés de ter começar no planeta.”

Todos os seres vivos são feitos de matéria orgânica, mas a simples adição de energia para as moléculas orgânicas não criará vida. Em vez disso, por sí só, as moléculas orgânicas se tornam algo mais parecido com piche ou asfalto, disse o prof. Benner .

Ele acrescentou: “Alguns elementos parecem ser capazes de controlar a propensão de materiais orgânicos para transformar a vida, especialmente boro e molibdênio, por isso acreditamos que os minerais que contenham ambos foram fundamentais para o início da vida.”

“Análises feitas um meteorito marciano recentemente, mostraram que havia boro em Marte, nós agora acreditamos que a forma oxidada de molibdênio também estava lá.”

Outra razão pela qual a vida teria lutado para começar nos primórdios da Terra é que era provável que tenha sido coberta por água, diz Benner. A água teria impedido suficientes concentrações corrosivas de boro sobre o RNA, um primo do DNA, e acredita-se ser a primeira molécula genética a ter aparecido.

Apesar de ter havido água no passado de Marte, cobriu muito menos o planeta. “A evidência parece ser a constatação de que somos realmente todos marcianos; que a vida começou em Marte e veio para a Terra em uma rocha”, disse Benner, falando na conferência Goldschmidt 2013 em Florença, Itália. “É muita sorte a vida ter chegado até aqui, no entanto, como certamente a Terra tem sido o melhor dos dois planetas para sustentar a vida. Se nossos ancestrais hipotéticos marcianos houvessem permanecido em Marte, não teriam uma história para contar”.

Fonte: The Guardian Science

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s