Esquerda e Direita – Murray N. Rothbard (Ebook)

Clique na imagem para Download em Epub.
Clique nesta imagem para Download em Epub.

Para muitos que percorreram suas páginas, este livro acabou sendo o divisor de águas para um novo entendimento. A corrente dominante sempre tentará resumir a classificação dos sistemas na dicotomia esquerda/direita. A direita seria a defensora da liberdade econômica e do militarismo, enquanto a esquerda seria favorável ao socialismo e a paz. Murray N. Rothbard afirma que esta divisão, além de incoerente, não encontra respaldo na história das ideias. E Rothbard vai além ao afirmar que, tradicionalmente, a direita foi partidária da elite reacionária e do status quo (situação atual), ao passo que a esquerda historicamente esteve do lado do progresso, da liberdade e da paz. Estes papéis se inverteram de acordo com a época e o país em questão. No entanto, nestas reviravoltas, a coerência intelectual destes paradigmas ficou confusa ou se perdeu completamente. A visão ampla de Rothbard abre os olhos de seus leitores.

Ela pode libertá-lo do paradigma dominante. Porém, o principal objetivo de Rothbard é fornecer uma lente completamente nova e ideologicamente consistente através da qual enxergar a história e os acontecimentos atuais.

Fonte: Lêlivros

2 comentários sobre “Esquerda e Direita – Murray N. Rothbard (Ebook)

  1. Eu penso que a divisão esquerda/direita não tem nada de nefasto. Os homens não pensam iguais. Mas dentro de cada um há uma predominância. Há os que optam pela LIBERDADE TOTAL (mercado, competição, mais apto etc.) e há os que têm dentro de si a chama preferencial da IGUALDADE (de oportunidades, equanimidade). Um lado não exclui o outro. Aliás não devia excluir, mas o lado que predomina economicamente tenta impedir que o outro sobreviva. É o que eu penso.

    Curtir

    • Prezado Guedes,

      a política precisa ser feita com uma ótica global e completa, o que Rothbard esboça é um panorama da divisão ideológica de política e a insistência dos políticos em praticar e tentar manter esse status quo (os padrões pré estabelecidos). A divisão esquerda/direita precisa ser apenas uma diferenciação de conceitos e não uma prática desses conceitos. O que vemos atualmente é a insistência dos políticos em seguirem a cartilha da ideologia e quase sempre são partidários de um lado ou outro dessa moeda; esquecem, no entanto, que a moeda carrega os dois lados.

      A política deveria ser feita com o intuito de inclusão de toda a sociedade para fazer valer o termo democracia; veja o caso da internet, nela opera a verdadeira democracia onde todos são iguais, independente dos dispositivos e computadores que estão interfaceando essa rede.

      Considerando as suas colocações sobre o lado econômico e social, há sempre a tendência em conceder preferência para aquela classe ou grupo (o tão aclamado e ao mesmo tempo detestado clientelismo), na política será difícil eliminar essas prerrogativas, entretanto, não podemos perder o direcionamento em ações objetivas e distributivas, cujas leis sejam adaptáveis aos casos estudados. Abs.

      Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s