Waking Up (acordando) – Espiritualidade sem Religião – Sam Harris

WakingUp
Faça o download do livro em Epub clicando na capa acima! (divulgação).

A Famosa proclamação de Nietzsche de que “Deus está morto” é um dos aforismos mais citados na história moderna, e ainda como é frequentemente o caso com seus apoiadores, tais citações muitas vezes perdem o contexto mais amplo de uma forma que evidencia o reducionismo preguiçoso com o qual temos a tendência de abordar as questões da espiritualidade hoje. O próprio Nietzsche esclareceu a plena dimensão da sua declaração, seis anos depois, em um trecho de O Crepúsculo dos Ídolos, onde ele explicou que “Deus” simplesmente significa a esfera suprassensível, ou “mundo verdadeiro”, e escreveu: “Abolimos o verdadeiro mundo. O que se manteve? O aparente, talvez? Oh não! Com o mundo verdadeiro também aboliram o aparente”.

Na verdade, essa luta para integrar o sensorial e o suprassensível, o físico e o metafísico, foi abordado com diferentes graus de sensibilidade por algumas das maiores mentes reflexivas da história, como Carl Sagan sobre ciência e religião, Flannery O’Connor em dogma, crença e a diferença entre a religião e fé, Alan Lightman em ciência e espiritualidade, Albert Einstein sobre se os cientistas têm fé, Ada Lovelace na interconexão de tudo, Alan Watts sobre a diferença entre a crença e fé, CS Lewis sobre o paradoxo do livre arbítrio, e Jane Goodall em ciência e espírito.

Em Waking Up (acordando): Um Guia para a espiritualidade sem religião, o filósofo, neurocientista, e cético consciente Sam Harris (1967) oferece uma adição contemporânea para essa linhagem da investigação humana – uma obra-prima extraordinária e ambiciosa tratando a integração entre a ciência e a espiritualidade, que Harris a descreve como “livro de memórias de um buscador, uma introdução para o cérebro, um manual de instrução contemplativa, e um desenrolar filosófico do que a maioria das pessoas consideram ser o centro de suas vidas interiores.”

A Ciência pode responder questões morais

Sam Harris fala em TED como a ciência pode tratar e responder a respeito das questões morais, muitas vezes espinhosas.

Créditos: www.brainpickings.org
F
onte do livro: Internet

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s