FUNDAMENTALISTAS QUEREM D.I NO CURRÍCULO ESCOLAR.

O DI (Design Inteligente), é o mesmo que transformar a burrice coletiva em um padrão aceito por todos…

A ciência trabalha com evidências e não com “provas”, razão pela qual delimitamos a evolução como Teoria e não uma “prova cabal absoluta, incontestável e irrefutável”. Um Paradigma se consolida a partir de modelos científicos, ele não se importa com a opinião, com os desejos, com a formação religiosa das pessoas. Ele simplesmente é consolidado, como: a teoria da gravidade, eletromagnética, tectônica das placas, evolução, termodinâmica, etc. Victor Rossetti.

Fundamentalistas querem DI no currículo escolar. Sim, fundamentalistas, é bem diferente do título original do vídeo. Para entender melhor, assista o filme e analisemos juntos o há por de trás dessas manobras fundamentalistas.

 

Nos primeiros 20 segundos do filme encontramos uma série de conceitos errados sobre o que é ciência. A primeira questão é o tratamento da Teoria da evolução como “Doutrina”, quando na verdade é uma ciência consolidada pelo método científico que gerou o paradigma vigente para explicar a diversidade de formas de vida.

O segundo erro é tratar o Big Bang como uma explosão que origina a Terra, quando na verdade a origem do universo é explicada pela mecânica quântica (flutuações quânticas do vácuo metaestável) e ela explica a origem do Universo. O Big Bang é o processo de expansão, e não de explosão, do universo, e não da Terra.

Parece uma questão de semântica, mas não…

Ver o post original 1.923 mais palavras

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s