A ESTRUTURA MAIS ANTIGA DO OLHO.

A estrutura interna do olho de um dos primeiros animais de visão foi descrita pela primeira vez graças à análise de um trilobita fóssil datado por volta cerca de 530 milhões de anos, Brigitte Schoenemann realizado pela Universidade de Colônia, Alemanha e colegas…

A análise de um fóssil trilobita datado em 530 milhões de anos definiu a estrutura interna do olho de um dos primeiros animais dotados de um aparelho visual real. Este olho composto, muito semelhante ao dos insetos e artrópodes modernos, não foi muito eficiente, mas permitiu identificar predadores e obstáculos.

O fóssil de Schmidtiellus reetae. (Cortesia Gennadi Baranov)

A estrutura interna do olho de um dos primeiros animais de visão foi descrita pela primeira vez graças à análise de um trilobita fóssil datado por volta cerca de 530 milhões de anos, Brigitte Schoenemann realizado pela Universidade de Colônia, Alemanha e colegas. O estudo foi  publicado no Proceedings of the National Academy of Sciences.

Mesmo que a evolução dos fotorreceptores, células capazes de reagir à luz, afunde até os primórdios da vida animal, a evolução das estruturas complexas capazes de uma visão verdadeira, data da chamada Explosão Cambriana –…

Ver o post original 276 mais palavras