A inexistência de “Deus” fora do campo das ideias

“Deus”, é uma ideia que se origina em nossa mente, sua existência é fundada apenas no mundo das ideias, não podendo existir fora desse contexto. Também podemos representá-lo por uma simples equação: “D1 = D” isso mostra que a imagem e representação de “Deus”, é apenas conceitual e não existe outra forma ou derivação que se possa obter, a não ser esta. Segue a resolução da equação:

Equação Deus

O limite “d = d”, quando “d” tende a 1. Significa que a ideia “d” ou “Deus”, pode ser somente igual a ela mesma, ou seja, não podemos atribuir qualquer valor, forma ou sentido, além daquele que gerou a sua própria representação.

Não havendo como expandir esse conceito para outros domínios, percebe-se que estamos diante de um esgotamento de sentido, tornando a ideia “Deus”, exaurida por falta de correspondência, não podendo mais ser aplicada a qualquer outro campo do conhecimento humano.

{rcristo}