Equador em HD – Discovery Channel

Sinopse: As Ilhas Galápagos são ilhas desertas cercadas por férteis oceanos. Palmira é um oasis no meio de um oceano deserto. Estão separadas por todo um oceano mas foram moldadas pelo poder equatorial. Grandes correntes oceânicas, postas em movimento pelo Sol equatorial, afetam o destino dos animais vivendo nos dois lugares. As florestas tropicais do sudeste Asiático são um campo de batalha. Alí, a maior diversidade de espécies do mundo batalha pela luz, por comida e pela vida. Alimentada pelo Sol, a evolução acelerada encoraja a inovação e a estratégia para ajudar plantas e animais a conquistarem seu espaço numa floresta segmentada.

O poderoso rio Amazonas é a corrente sanguínea da floresta. Por metade do ano, peixes de água doce prosperam nas inundações que alagam a floresta. Depois a água recua e os peixes enfrentam 6 meses de aridez. O ancestral Amazonas permanece como uma cápsula do tempo para antigos animais e um laboratório para a evolução de novas espécies.

O arquipélago da Indonésia no Oceano Pacífico compreende milhares de ilhas, atóis e a maior concentração de recifes de coral do mundo. Esse ambiente rico e variado é o produto de circunstâncias naturais. O Sol equatorial impulsiona correntes oceânicas por entre pequenas ilhas. Na conjunção do arquipélago com a extremidade da Nova Guiné, uma intersecção de correntes oceânicas criou talvez os recifes mais preciosos do mundo na região das Ilhas Raja Ampar.

No alto dos Andes o poder intenso do Sol equatorial palpita através do ar rarefeito sobre uma savana congelada pelas geleiras e sobre florestas nebulares. Todo dia é verão, e toda noite é inverno. Em apenas 24 horas as plantas e os animais devem conviver com o congelamento e o super aquecimento.

Grande parte do ano a savana Africana suporta um opressivo Sol equatorial. Sua aridez é incomum na zona equatorial, cujas regiões são geralmente cobertas por densas florestas tropicais e pela ausência do ciclo das estações. Há 30 milhões de anos, parte a África oriental se rompeu. Enormes forças vulcânicas se combinaram para dar início ao que se tornaria o grande Rift Vale. Por milhares de anos o vale se expandiu e cresceu, para o norte e para o sul por mais de 4.500 km. As montanhas resultantes alcançam 3.000 m, bloqueando as nuvens que vem do oeste e criando uma zona de precipitação sobre a África oriental.

Créditos: NATGEOnosferahcorp

Uma ideia sobre “Equador em HD – Discovery Channel

  1. Pingback: Swift Dzire

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s