Arquivo da categoria: Apple

Evasi0n disponibiliza Jailbreak para o iOS 7.x

Clique nesta foto para ir direto à página oficial do evasi0n Jailbreak 7.x

O grupo de Hackers evasi0n disponibilizou o Jailbreak para os seguintes dispositivos:

  • Todos os iPhones
  • iPad Mini
  • iPod touch
  • Dispositivos rodando iOS 7.0 até 7.0.5

Importante! Leia antes de qualquer atitude!

  • Não faça Jailbreak se você é um usuário iniciante ou depende de seu dispositivo para o dia a dia de seu trabalho;
  • É obrigatório conectar o seu dispositivo Apple à porta USB de seu computador;
  • Antes de aplicar o Jailbreak, verifique se seu dispositivo está rodando uma versão anterior ao iOS 7.0.6 (entre em Configurações/Geral/Sobre o dispositivo);
  • Faça o backup de seu dispositivo usando o iTunes (ou iCloud ) antes de usar evasi0n. Se a operação der errado, você sempre será capaz de recuperar os dados;
  • Por favor, desativar a senha de bloqueio do seu dispositivo iOS antes de usar evasi0n. Ela pode causar problemas;
  • Não use seu dispositivo até evasi0n estar completo. Relaxe durante o procedimento;
  • Se o processo ficar preso em algum lugar, é seguro reiniciar o programa, reinicie o dispositivo (se necessário pressionando os botões Power and Home até ele desligar) e execute novamente o processo;
  • Se você receber um erro no OS X 10.8 dizendo que evasi0n não pode ser aberto, segure a tecla controle clique com o botão direito sobre o aplicativo e ao revelar o menu de contexto, escolha a opção “Abrir”, na caixa de diálogo que se seguiu, e escolha a opção Abrir novamente.
  • Aviso! Atualizações Over The Air (pelo ar) do iOS 7 são conhecidas por criar um problema e fazer o jailbreak falhar. Alguns dispositivos são ou ficam, presos no logotipo Boot Apple. Até que consigamos corrigir isso, por favor, restaure o aparelho para a versão 7.0.5 com o iTunes em primeiro lugar;
  • Aviso! Muitos ajustes Cydia ainda não são compatíveis com o iOS 7. Por favor, sempre faça um backup de seu telefone antes de instalar novos tweaks do Cydia evitando que seu dispositivo Apple fique preso no processo de inicialização. A situação vai melhorar à medida que os desenvolvedores atualizarem os seus softwares.

Fonte: evasi0n

Hackers liberaram o jailbreak (desbloqueio) para o IOS 6.x unificado

Jailbreak IOS 6.1

Hackers do Invasi0n, liberaram hoje o Jailbreak Untethered do IOS 6.1

Esta versão do jailbreak é untethered (funcionamento automático, independe de um computador externo para funcionar), ou seja, permite desbloquear o dispositivo para instalar aplicações de terceiros sem a necessidade de realizar este procedimento toda vez que o aparelho for desligado.

Este jailbreak também é o primeiro a trazer suporte para a nova linha de dispositivos iOS da Apple, incluindo o iPhone 5, iPad mini e iPad 4ª geração.

Além disso, a ferramenta também suporta aparelhos mais antigos e que foram atualizados para o iOS 6.1 como iPhone 4 e 4S e o iPhone 3GS.

As instruções para instalação e uso do jailbreak podem ser encontradas no site do grupo. Vale lembrar também que desbloquear o sistema da Apple pode anular a garantia do aparelho; além disso, é aconselhável sempre realizar backup antes de utilizar a ferramenta.

Assista ao Vídeo do Destravado para saber em detalhes como fazer a operação

Lista de dispositivos suportados

  • iPhone 5
  • iPhone 4S
  • iPhone 4
  • iPhone 3Gs
  • iPad com A6X chip (4a geração)
  • iPad 3
  • iPad 2
  • iPad mini
  • iPod touch 5
  • iPod touch 4
  • Apple TV 2nd generation (Infelizmente, a 3ª geração ainda não é suportada pelo Evasi0n)

Clique na imagem acima e vá direto para a página Oficial do grupo onde encontrará os links para download!

Fonte: Exame Abril Tecnologia

Fonte: Evasi0n.com

Iphone5 é lançado, virá com processador A6 Quad Core e terá tela útil de 4 polegadas

A Apple apresentou na quarta feira quarta-feira (12) o iPhone 5, o mais poderoso smartphone da companhia. Depois de muita especulação, o aparelho finalmente foi revelado, sem muitas novidades além do que já era esperado, confirmando grande partes dos rumores já existentes há algum tempo. Os principais destaques do novo aparelho são a tela maior, o processador quad-core, a conexão 4G e a presença de um novo conector.

Iphone5 com tela útil de 4″. (Divulgação).

A novidade mais chamativa diz respeito à tela do aparelho, que depois de 5 gerações com displays de 3,5 polegadas, agora é mais comprida, com 4 polegadas. Ela mantém a tecnologia Retina, com resolução de 1136 x 640 (326 ppi), proporcional à do iPhone 4S. Com o aumento, houve uma remodelação na interface do sistema, que agora traz uma nova linha de ícones.

Iphone5 teve sua primeira grande modificação no Design. (Divulgação).

Já o design do smartphone sofreu sua primeira grande modificação desde a primeira versão do aparelho. Agora ele é mais comprido e bem mais fino que os iPhones anteriores. Na ocasião da apresentação do dispositivo, inclusive, Tim Cook afirmou que o novo celular é o mais fino do mundo, com 7,6 mm de espessura – ainda que modelos como o Motorola Droid Razr (7,1 mm) e o ZTE Athena (6,2 mm) sejam na realidade mais finos. Além disso, o modelo recém-anunciado é 20% mais leve que o 4S, com 112 g. O iPhone 5 chegará às lojas nas cores preto e branco.

O hardware também passou por algumas modificações: o processador presente no modelo é um quad-core A6, duas vezes mais rápido e com gráficos melhores que o chip da geração anterior, chamado de A5.
Outra grande novidade, que já havia sido especulada mas era dúvida, é a presença da antena 4G LTE, que permite conexão à Internet móvel mais rápida que pelo 3G. Além disso, o aparelho conta com as conexões Wi-Fi, Blutetooth 4.0, GPRS, EDGE, EV-DO, HSPA, HSPA+ e DC-HSDPA.

A bateria do iPhone 5 é superior à do modelo anterior, e aguenta 8 horas de conversação por 3G e 4G, 10 horas de conexão Wi-Fi ou visualização de vídeos, 40 horas de músicas ou 225 horas em stand-by.

Diferente também é a entrada para o cartão SIM no smartphone. Se na última geração a Apple já havia se utilizado do pequeno microSIM, a empresa resolveu diminuir ainda mais o tamanho do cartão, adotando o chamado nanoSIM. A desvantagem, porém, é que este formato de chip ainda não está disponível no Brasil. Logo, se você espera comprar seu iPhone no exterior, não vai conseguir utilizá-lo tão cedo.

Já a câmera traseira do aparelho não traz novidades no sensor em comparação ao 4S – com 8 megapixels -, mas sua resolução é superior, com 3264 x 2448. Além disso, a Apple afirma que a captura das fotos é 40% mais rápida que a de modelos anteriores, e o desempenho é muito melhor em ambientes pouco iluminados. Já a câmera frontal FaceTime promete chamadas em vídeo com muita qualidade e gravações em HD.

Virá com novo fone chamado EarPods

Por fim, o aparelho inclui ainda um novo dock conector, realmente muito menor que o utilizado em todos os dispositivos da Apple. Junto do smartphone, porém, foi mostrado um adaptador para que os docks e acessórios de gerações anteriores sejam compatíveis também com o novo iPhone. O telefone, aliás, vem acompanhado dos novos fones de ouvido da Apple, os EarPods, mais leves e com corpo de uma só peça.

EarPods, os novos fones de ouvido da Apple. (Divulgação).

O aparelho será disponibilizado na pré-venda a partir do dia 14 de setembro, e no dia 21 começa a ser vendido em diversos países, como Estados Unidos, Canadá, Reino Unido, França e Japão. Os valores do novo smartphone nos Estados Unidos são iguais aos do iPhone 4S quando foi lançado: US$ 199 (cerca de R$ 400) no modelo com 16GB de armazenamento, US$ 299 (R$ 600) no de 32GB e US$ 399 (R$ 800) pela versão de 64 GB, todos com contratos de operadoras inclusos.

Ainda não foram divulgadas datas nem preços para o lançamento do aparelho no Brasil, mas provavelmente chegará em outubro.

Comparativo entre o iPhone 5 e suas versões anteriores

Comparativo do Iphone5 com os modelos já lançados.

Fonte: Tech Tudo

Apple – Valor de mercado da empresa é o dobro que o da Microsoft

Hoje a Apple já vale o dobro que a Microsoft

O valor de mercado da Apple é duas vezes maior que o da Microsoft. A Apple vale, aproximadamente, US$ 415 bilhões e a Microsoft, US$ 245 bilhões.

A Apple mostrou os resultados de 2011 há duas semanas. Mesmo assim, um novo enfoque dado às informações reveladas pela companhia mostraram que apenas a divisão de smartphones da Apple, que diz respeito ao iPhone, teve um faturamento maior que o da Microsoft. As informações são do site americano “Business Insiderl”.

A divisão do iPhone, no último trimestre de 2011, gerou US$ 24,4 bilhões de lucro à Apple. Em contraposição, a Microsoft, somando o resultado de todas as divisões somadas, teve um lucro de US$ 20,9 bilhões. O lucro da Microsoft no período, por mais que tenha sido menor que o da Apple, foi recorde e foi 5% maior que o último trimestre de 2010.

A Apple vendeu 37,04 milhões de iPhones e 15,43 milhões de iPads no último trimestre do ano passado – o dobro de dispositivos móveis comercializados no mesmo período em 2011.

O lucro da Apple, de toda a empresa, chegou a US$ 100 bilhões. Com este valor, inclusive, seria possível que a empresa americana comprasse o Facebook pelo valor estimado da companhia após a abertura de capital.

A empresa fundada por Steve Jobs e Steve Wozniak só conseguiu tirar o posto de empresa de tecnologia mais valiosa do mundo em maio de 2010 – desde 1989, a companhia de Bill Gates ocupava a liderança. Em agosto de 2011, a Apple pela primeira vez tomou o primeiro lugar da Exxon no ranking de empresa mais valiosa do mundo.

Atualmente, o valor de mercado da Apple é duas vezes maior que o da Microsoft. A Apple vale, aproximadamente, US$ 415 bilhões e a Microsoft, US$ 245 bilhões.

Fonte:D24AM

iCloud – a Nuvem da Apple – oferece gratuitamente 5GB de dados para todos os usuários

Com o iCloud você pode sincrinizar tudo entre os dispositivos que dão suporte a esse recurso: iPods, Iphones, Ipads, Mac OS X e PCs.

A Apple finalmente abriu o iCloud para todo o público esta semana. Para começar, o iCloud substitui o serviço MobileMe da companhia (que costumava ser alvo de críticas), oferecendo um repositório online central para seus e-mails, contatos, calendários, músicas, programas de TV, apps e e-books adquiridos, fotos, documentos e backup – tudo isso de graça.

O iCloud é composto por várias partes: sincronização e backup direto para aparelhos iOS; um servidor que envia seus contatos, calendários, e-mails, notas e lembretes para todos os seus aparelhos; e acesso remoto para todas as suas compras no iTunes. Você precisará de um Mac rodando o sistema OS X 10.7.2 e do iOS 5 instalado em seu aparelho móvel da Apple para usar o serviço.

E por 25 dólares ao ano, os usuários dos Estados Unidos poderão adquirir o serviço adicional iTunes Match e ter acesso a sua biblioteca completa de música (o limite é de 25 mil faixas em 10 aparelhos), incluindo canções que não foram compradas originalmente na iTunes Store – segundo a Apple, o Match inicialmente será exclusivo dos Estados Unidos e deve chegar a outros países até o final do ano.

O Find My iPhone, antes um recurso de assinatura do MobileMe (e que depois foi aberto para todos os usuários com uma Apple ID) foi embutido no iCloud, juntamente com um componente para localizar seu Mac, chamado de Find My Mac. E, para completar o grupo “encontre”, a Apple lança ainda um app para iOS chamado Find My Friends, que te ajuda a coordenar com seus amigos por meio de recursos de geolocalização. Esse último aplicativo, já é o mais baixado pelos brasileiros na App Store para iPhone.

Vale lembrar que os usuários só podem acessar as localizações das pessoas que autorizam o compartilhamento de suas localizações; você pode compartilhá-la sempre, ou criar um Evento Temporário, que transmite sua localização para determinadas pessoas em um período de tempo. Os controles de privacidade permitem que você habilite, desabilite, ou restrinja o compartilhamento de localização, e todas essas opções podem ser restringidas com o Controle de Pais.

Você pode criar uma conta no iCloud com 5 GB de armazenamento gratuito, sendo que também há opções pagas para capacidades maiores – US$ 20 por 10 GB, US$ 40 por 20 GB e US$ 100 por 50 GB (todos os preços são para assinaturas anuais).

Os atuais assinantes do MobileMe poderão transferir suas contas para o iCloud, ou escolher ficar no MobileMe até 30/6 de 2012, quando o serviço será descontinuado.

O iCloud está disponível mundialmente desde ontem, mas a oferta de alguns recursos adicionais, como o iTunes Match, pode variar entre os diferentes países.

Fonte:Mac World Brasil